Menu

Sete Catacumbas de Jaboticabal

Esta história também tem início com a epidemia de Febre Amarela no final do século XIX no interior paulista. Diz a lenda que, no ápice do surto, a população de Jaboticabal e das vilas da região, temendo que a doença se espalhasse ainda mais, queimavam os corpos e, muitas vezes, enterravam os enfermos vivos. As Sete Catacumbas estão onde hoje é o cemitério São Bom Jesus dos Lazarentos e recebem esse nome por conta de sete espanhóis que foram enterrados lá acometidos pela febre. Não se sabe ao certo se os espanhóis foram enterrados vivos, mas muitas pessoas que passam pelo local afirmam sentir um mal estar terrível, ver luzes e sentir cheiro de carne queimada. A história das Sete Catacumbas de Jaboticabal já foi alvo de uma matéria feita pela tv espanhola.